Boom de conversas sociais sobre o Vinitaly 2017. A China apresenta-se como o país mais mencionado, espumantes e prosecco roubam a atenção, em detrimento do vinho tinto, despertando maior interesse. São os resultados de uma pesquisa “social” realizada pela Gambero Rosso e a Almawave, que estreiam uma parceria caracterizada pela inovação.

Roma, 10 de abril 2017 – O Vinitaly 2017 inaugura-se com boom de conversas nas redes sociais: mais de 21 mil conversas foram monitoradas, registrando, em relação à semana anterior, um +205% no dia de ontem, dia da inauguração do Salão internacional de vinhos e destilados que acontece em Verona. Confirmando o interesse pelo evento, a hashtag #Vinitaly2017 foi compartilhada 11.599 vezes no Twitter, Facebook e Google+.

As bolhinhas, as “bollicine” para usar o termo italiano, são as verdadeiras protagonistas do evento, chamando a atenção dos usuários da mídia social. Conseguem, de fato, 37% das menções, frente a 29% do vinho tinto, 19% do vinho rosé e 14% do vinho branco. A partir da análise, a China tem uma posição de destaque, aparecendo em 50% das menções sobre mercados estrangeiros, ultrapassando os Estados Unidos, com 18% dos resultados e a França que fica em 5%.

São os resultados dos primeiros dados da pesquisa realizada pela Gambero Rosso e Almawave sobre redes sociais, durante a semana do Vinitaly 2017, que vai continuar até o final do evento. A mais importante editora do setor “Food & Wine” da Europa, Gambero Rosso, e a empresa de inovação tecnológica da AlmavivA, Grupo TIC líder na Itália no setor agrifood, juntaram as respectivas competências para proporcionar uma visão global dos resultados da mídia social sobre assuntos, opiniões e tendências ligadas ao mundo do vinho, uma das excelências reconhecidas da Itália.

Graças à plataforma proprietária de análise da linguagem natural e de Big Data da Almawave, a pesquisa coletou todas as interações ligadas ao evento do dia 3 de abril no Twitter, Facebook e Google+, em seis línguas: italiano, inglês, espanhol, francês, alemão e português. O total dos dados recolhidos foi analisado do ponto de vista quantitativo, e será identificada a análise de sentimento no Twitter, cujas interações representam, até hoje, 98% do total.

As evidências obtidas a partir da pesquisa confirmam uma atenção constante para o setor enogastronômico, com uma percepção extraordinária da qualidade do “made in Italy”, um patrimônio que, há mais de trinta ano, a Gambero Rosso vem apresentando e defendendo diariamente através de publicações, eventos, formação, consultoria. Defendendo uma liderança reconhecida em nível internacional.

Ao mesmo tempo, a análise das redes sociais ligada ao Vinitaly 2017 marca o início do projeto de parceria entre a Almawave e a Gambero Rosso, com o objetivo de valorizar a realidade, cultura e percepção da enogastronomia italiana.

Uma colaboração que integra liderança consolidada no setor e competências tecnológicas, apoiando, graças à inovação, o crescimento de uma excelência do setor agroalimentar, tão importante para a economia da Itália. A pesquisa nas redes sociais da Gambero Rosso e Almawave marca o início de uma parceria caracterizada pela inovação.