A Região da Itália com mais menções é a Sicília, e dois de seus vinhos estão entre os dez que receberam maior destaque. O Chianti lidera a classificação, com Franciacorta e Barolo logo a seguir. O vinho conquista as mídias sociais, conforme revela a pesquisa da Gambero Rosso e Almawave, que estreiam uma parceria focada na inovação.

Roma, 12 de abril de 2017 – O vinho conquista o mundo das mídias sociais, sobretudo os vinhos espumantes, os chamados “bollicine”, e os vinhos orgânicos. Durante o Vinitaly 2017, registrou-se um boom de conversas no Twitter, Facebook e Google+: foram mais de 42 mil as conversas monitorizadas (até as 13:00 horas de hoje, 12 de abril), com um pique na manhã de segunda-feira, segundo dia de abertura do Salão internacional de vinhos e destilados, que termina hoje em Verona. A hashtag #Vinitaly2017 foi compartilhada 20.750 vezes. A análise de sentimento revela resultados extremamente positivos: próximos de 40%.

O Chianti é o mais mencionado, primeiro lugar no top ten dos vinhos, com 9%do interesse, sendo 6,4% o interesse pelo Franciacorta e 3,9% o resultado do Barolo. Seguem: Pinot, Lambrusco, Trento doc, Etna, Amarone, Valpolicella e Grillo. A Região italiana que mais chama a atenção é a Sicília (12%), Puglia em segundo lugar (10,6%), seguem Vêneto (7,7%), Toscana (7,4%) e Sardenha (6,8%).

Entre os diversos tipos de vinho, as bolhinhas, “bollicine” para usar o termo italiano, são as verdadeiras rainhas das conversas, com quase 50% do interesse. O vinho tinto consegue 25%, o rosé 15,5%, e o branco 13,4%. Orgânico é destaque nos novos trends, em diversas variantes: bio, orgânico, vegan, green. Fala-se de vinhos orgânicos em 4% do total das interações monitorizadas, muitas vezes com referência ao vinho branco (47%) e aos vinhos sicilianos (41%).

É esta a visão geral resultado da pesquisa realizada pela Gambero Rosso e Almawave nos canais sociais durante a semana do Vinitaly 2017. A mais importante editora do setor “Food & Wine” da Europa, Gambero Rosso, e a empresa de inovação tecnológica da AlmavivA Grupo TIC líder na Itália no setor agroalimentar, juntaram as respectivas competências para proporcionar uma visão global dos resultados da mídia social sobre assuntos, opiniões e tendências ligadas ao mundo do vinho, uma das excelências reconhecidas da Itália.

Graças à plataforma proprietária de análise da linguagem natural e de Big Data da Almawave, a pesquisa coletou todas as interações ligadas ao evento do dia 3 de abril no Twitter, Facebook e Google+, em seis línguas: italiano, inglês, espanhol, francês, alemão e português. O total dos dados recolhidos foi analisado do ponto de vista quantitativo, e foi identificada a análise de sentimento no Twitter, cujas interações representam 98% do total.

As evidências obtidas a partir da pesquisa confirmam uma atenção constante para o setor enogastronômico, com uma percepção extraordinária da qualidade do “made in Italy”, um patrimônio que, há mais de trinta anos, a Gambero Rosso vem apresentando e defendendo diariamente através de publicações, eventos, formação, consultoria. Defendendo uma liderança reconhecida em nível internacional.

Ao mesmo tempo, a análise das redes sociais ligada ao Vinitaly 2017 marca o início do projeto de parceria entre a Almawave e a Gambero Rosso, com o objetivo de valorizar a realidade, cultura e percepção da enogastronomia italiana.

Uma colaboração que integra liderança consolidada no setor e competências tecnológicas, apoiando, graças à inovação, o crescimento de uma excelência do setor agroalimentar, tão importante para a economia da Itália.