Medo, tristeza, esperança. Essas são as palavras-chave da pandemia, coletadas pela Almawave em uma complexa pesquisa social sobre o estado de espírito relatado pelos nossos concidadãos, na época de Covid-19.

Realizada a partir de uma quantidade extremamente vasta de interações, com mais de 7 milhões de tuites e mais de 60 mil postagens no Instagram, a análise oferece um relato espontâneo e direto de como os italianos estão passando pela emergência do Covid-19.

“Mais do que nunca, nesta situação de emergência do coronavírus, as tecnologias estão provando ser um suporte válido para a tomada de decisões, para raciocinar sobre os caminhos e cenários possíveis” e garantem “inclusão e proximidade, como a telemedicina, mesmo para aqueles que vivem de modo mais solitário. ” Para mostrar isso, entrevistada por Adnkronos, está Valeria Sandei, CEO da Almawave, empresa do Grupo AlmavivA especializada em Inteligência Artificial, Inteligência Social e análise da linguagem natural escrita e falada”. Acredito que os dados a serviço do cidadão, da sua vida, até mesmo na jornada após o bloqueio ditado pelo coronavírus possam ser elementos que devem ser levados em conta de maneira cuidadosa”.

Continue lendo na Sala de Imprensa