“A emergência #Covid19 trouxe uma aceleração importante no panorama da cultura digital, de maneira transversal a toda a sociedade. O digital provou ser um recurso para inclusão, assistência, prestação de serviços, útil para garantir a continuidade da escola e a produtividade das empresas. Essa tendência não deve parar. Deve ser transformada em uma configuração estrutural, elaborada em uma lógica de longo prazo e de crescimento”. São declarações da CEO da Almawave, Valeria Sandei, a “Obiettivo Italia. Idee per ripartire” (Objetivo Itália: Ideias para recomeçar), o programa de Ida Baldi, apresentado por Giuliana Palmiotta, transmitido ontem de manhã nos canais italianos Rai3 e Rainews.

“Hoje, o verdadeiro desafio é recuperar o gap e investir em uma economia permeada pelo digital – explica Valeria Sandei -, com o objetivo de aumentar a eficiência, transparência, reduzir a burocracia, simplificar a administração pública, tornar os processos mais rápidos. Para as empresas, o digital é uma alavanca essencial. Em particular, em um país com uma forte presença da indústria. E mais, o digital pode ser um impulso para o turismo que precisa de apoio e relançamento após o trauma da Covid.”

Saiba mais – veja o vídeo da intervenção de Valeria Sandei em “Obiettivo Italia. Idee per ripartire”